Odebrecht resiste a pagar algo além da multa de R$ 3,8 bilhões acertada com o MPF

Embora tenha concordado em indicar ao Tribunal de Contas da União (TCU) contratos em que teria sido beneficiada por sobrepreço, a Odebrecht resiste a pagar algo além da multa de R$ 3,8 bilhões acertada com o Ministério Público Federal (MPF), de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. Segundo o jornal, tudo vai depender dos cálculos que a Controladoria Geral da União (CGU) está fazendo para avaliar os danos causados pela Odebrecht. Ainda de acordo com a coluna, as negociações do acordo de leniência da empreiteira avançaram nos últimos meses. Quando forem concluídas, ele terá que ser submetido ao crivo do TCU. (Bocão News)

Share