Category Archives: Esportes

Vídeo: Vitória pode ser até excluído do Baianão, diz Procurador do TJD-BA

O vergonhoso BA-VI do último domingo no estádio do Barradão foi encerrado dentro das quatro linhas, diga-se, até antes do esperado, porém, fora das quatro linhas está longe de acabar, afinal, ainda existem muitos assuntos para serem estudados e resolvidos. Um deles é a punição aos jogadores pelas cenas lamentáveis de selvageria após comemoração do gol do meia Vinícius. Mas não é apenas os atletas que podem ser punidos. Os clubes também. De acordo com o Procurador do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA), Ruy João Ribeiro, o Esporte Clube Vitória corre o risco de ser excluído do Campeonato Baiano de 2018, se for comprovado as irregularidades.

“O artigo diz que: se houver o prejuízo a terceiros, em decorrência da atitude do clube mandante, isto pode levar a desclassificação”, disse.

Em entrevista ao programa Cidade Alerta, da Record TV Itapoan, Ruy também comentou sobre a suposta orientação do técnico Vagner Mancini ao zagueiro Bruno Bispo para forçar a quinta expulsão e consequentemente o término do jogo. Segundo o Procurador, caso seja comprovado que o treinador induziu o zagueiro a ser expulso, ele será punido.

“Todo esportista está sujeito as infrações previstas. Se comprovar que o Mancini induziu o jogador a tomar o cartão, ele pode sim ser punido”, afirmou.

Ainda de acordo com Ruy João, as imagens e súmula da partida serão analisadas e jogadores das duas equipes podem responder. O Procurador também falou sobre a “dancinha” de Vinícius durante a comemoração do gol de empate. De acordo com ele, a conduta será investigada.

“Houve uma confusão generalizada ocorrendo agressões mutuas, dos jogadores de Bahia e Vitória e certamente eles também serão investigados pelo Tribunal. Vai haver uma investigação para avaliar se o ato da comemoração foi um ato de violência contra a torcida. Se o procurador entender que o ato viola a conduta esportiva, ele vai punir o jogador”, finalizou.

Share

Especialista em leitura labial revela ordem de Mancini para Bruno Bispo forçar expulsão

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O clássico entre Vitória e Bahia, disputado no último domingo (18), no Barradão, foi marcado por pancadaria e nove expulsões. O zagueiro Bruno Bispo recebeu o último cartão vermelho e com isso a partida precisou ser encerrada, já que o Leão tinha jogadores insuficientes em campo. Nesta altura, o placar estava em 1 a 1. Após o apito o final, o técnico Vagner Mancini bateu o pé e garantiu que não orientou o atleta a forçar a expulsão. Porém, Ronaldo Freitas, especialista em leitura labial, mostrou como foi o diálogo entre o treinador e Ramon, em entrevista nesta segunda-feira (19) para o programa Bahia Meio Dia, da TV Bahia. “Pede ao Bruno, pode tomar o segundo amarelo”, diz Mancini. Pelo Regulamento Geral de Competições da CBF, o Bahia será declarado vencedor por 3 a 0. (Bahia Notícias)

 

Share

Além de expulsões, árbitro relata invasões e cobranças de dirigentes

© Foto: Reprodução/Premiere Ba-VI

O primeiro Ba-Vi de 2018 terminou de forma lamentável com uma confusão generalizada entre jogadores dos dois times com direito a socos e pontapés. Por isso, no total nove jogadores acabaram expulsos no clássico, mas o último deles teve um dedo da comissão técnica do Vitória, com a orientação do técnico Vagner Mancini para que o zagueiro Bruno forçasse o segundo cartão amarelo e a consequente expulsão. Desta forma, o Vitória ficou com apenas seis jogadores em campo e o juiz Jailson Freitas teve de finalizar o Ba-Vi naquele momento porque o Leão da Barra tinha apenas seis atletas em campo. Em entrevista ao programa Bahia Meio Dia, da TV Bahia, nesta segunda-feira (19), Ronaldo Freitas, especialista em libras (leitura labial), decifrou o recado de Vagner Mancini para o zagueiro Ramon um pouco depois da expulsão do volante Uillian Correia, que havia deixado o time com sete jogadores.

Pede ao Bruno, pode tomar o segundo amarelo“, disse Mancini.

Mancini nega

Na entrevista coletiva logo após o Ba-Vi, o treinador do Rubro-Negro negou qualquer envolvimento ou orientação para que o defensor fosse expulso de campo.

“A decisão é de quem está dentro de campo. Se ele forçou o cartão foi porque o Bahia teve 12 minutos com um homem a mais. O Bahia poderia ter feito o gol nesses minutos. Estamos focando em cima de uma suposição. Quem tem prova disso? [Que o cartão foi forçado] É uma acusação muito grave em cima de pessoas do bem, de caráter, profissionais que estão aqui. Quem tiver a prova, que apresente. Acho que o foco não deve ser esse”, desabafou.

Como fica o resultado?

Devido à expulsão do zagueiro Bruno, o Vitória ficou com apenas seis atletas em campo no Ba-Vi. Segundo o artigo 56 do Regulamento Geral de Competições da CBF, “nenhuma partida poderá ser disputada com menos de sete atletas”. E que “após o início da partida, se uma das equipes ficar reduzida a menos de sete atletas, dando causa a essa situação, tal equipe perderá os pontos em disputa”, diz o inciso 3º. O inciso 4º complementa: “O resultado da partida será mantido, na aplicação do § 3º, se, no momento do seu encerramento, a equipe adversária estiver vencendo a partida por um placar igual ou superior a três (3) gols de diferença; e se tal não ocorrer, o resultado considerado será de três a zero (3×0) para a equipe adversária”. Por isso, o Bahia deverá ser declarado vencedor do Ba-Vi por 3 a 0. (MSN)

Share

BA-VI VERGONHOSO acaba antes do tempo. Vitória 1 x 1 Bahia

Com cenas vergonhosas e lamentáveis, assim “terminou” o primeiro BA-VI de 2018. Mesmo com todos pedidos de clássico da Paz, isso não foi visto em campo. Com uma confusão no início do segundo tempo, com direito a inúmeras expulsões, o jogo terminou empatado em 1 a 1, quer dizer, não chegou nem a terminar. Após perder três jogadores expulsos, Vitória cavou mais expulsões para que o jogo fosse finalizado no Barradão. Leão com cinco expulsões forçou o final da partida. Os gols do jogo foram marcados por Denilson (Vitória) e Vinícius (Bahia). Com o resultado, o Vitória cai para terceiro colocado com 11 pontos. Já o Bahia segue fora do G-4, em 5º, com 9 pontos e pode ver a distância para o G-4 aumentar para 4 pontos. O próximo compromisso do Bahia é pela 3ª rodada da Copa do Nordeste, na próxima quinta-feira (22), às 21h15, contra o Náutico, na Arena Fonte Nova. O Vitória, por sua vez, entra em campo pelo Campeonato Baiano, em jogo atrasado da 5ª rodada, diante do Jacuipense, às 21h45, no estádio Eliel Martins. O primeiro gol começou a amadurecer aos 16 com Kanu perdendo excelente oportunidade cara a cara com Douglas (por falar no goleiro, errou todos tiro-livres que cobrou). Aos 33, não teve jeito. Numa verdadeira lambança da defesa do Bahia, novamente com falha do zagueiro Tiago, Denilson aproveitou passe de Rhayner e tentou duas vezes para marcar o primeiro gol do BA-VI e inflamar a nação rubro-negra no Barradão. Nervoso em campo, o Esquadrão ainda conseguiu criar uma boa chance nos instantes finais com o azarado Edigar Junio. Sozinho, o camisa 11 mandou na lua. No segundo tempo o que era um bom jogo de futebol se transformou em um campo de guerra, com cenas LAMENTÁVEIS e VERGONHOSAS. Após Uillian Correia colocar a mão na bola dentro da área, o juiz marcou pênalti, batido e convertido por Vinícius. Até aí tudo bem, o problema foi a comemoração do jogador que revoltou os rubro-negros. Fernando Miguel foi tirar pergunta e iniciou toda a confusão, com empurrões e socos para todos os lados. Depois que tudo se acalmou, Jailson Macedo foi atrás dos brigões. Kanu, Rhayner e Denilson foram expulsos pelo lado do Leão. Do Esquadrão, levaram o vermelho: Edson e Becão (reservas), Lucas Fonseca e Vinícius (titulares). Os goleiros Fernando Miguel e Anderson foram amarelados. Com enorme atrasado, finalmente a bola voltou a rolar e o Vitória perdeu mais um jogador. Uilliam Correia puxou, agarrou, abraçou Zé Rafael. Segundo amarelo e vermelho. Depois disso, alguma orientação veio para a equipe cavar mais uma expulsão e Bruno Bispo tomou a iniciativa e chutou a bola para finalizar a partida. VERGONHOSO E LAMENTÁVEL. (Futebol Bahiano)

 

Share

Justiça condena Corinthians a ressarcir a Caixa por prejuízos com estádio

O Corinthians, a construtora Norberto Odebrecht, a empresa SPE Arena Itaquera e o ex-presidente da Caixa Econômica Federal Jorge Hereda foram condenados ao pagamento solidário de R$ 400 milhões à Caixa, como ressarcimento por prejuízos causados à instituição com a construção do estádio corintiano no bairro de Itaquera, na capital paulista. A sentença é da juíza Maria Isabel Pezzi Klein, da 3ª Vara Federal de Porto Alegre, e os réus poderão recorrer à segunda instância. A condenação decorre de ação popular motivada por falta de garantias do financiamento concedido pela Caixa com recursos liberados pelo BNDES numa linha de crédito de R$ 4,8 bilhões para reforma e construção dos estádios da Copa do Mundo de 2014. O empréstimo de R$ 400 milhões foi concedido à SPE, que na época, conforme a sentença, tinha capital social de apenas R$ 1 mil. Orçado inicialmente em R$ 899 milhões, o Itaquerão, como é conhecido o estádio do Corinthians, acabou custando R$ 1,2 bilhão. (EBC)

Share

Tite já tem 15 nomes definidos para a Copa; saiba quem são

Restam apenas oito vagas para a seleção brasileira na Copa da Rússia. Dos 23 convocados, 15 já estão definidos. A declaração foi dada por Tite ao UOL. “Lista está aberta numa parte e fechada em outra. Fechada em nomes com uma situação consistente em seus clubes e que, dentro da seleção, já estejam confirmados, afirmados e jogando bem. São os 11 que iniciam [Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda, Marcelo, Casemiro, Renato Augusto, Paulinho, Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus], o Thiago Silva, o Fernandinho, o William, o Firmino”, contou o técnico. Entre as vagas abertas, estão a de um reserva para Daniel Alves. Dos jogadores que buscam espaço na equipe de Tite, estão, principalmente Edilson e Jadson. A convocação acontece, geralmente, cerca de um mês antes da competição, em meados de maio. O primeiro jogo do Mundial acontece dia 14 de junho, mas o Brasil só vai a campo dia 17, contra a Suíça. (Noticias ao Minuto)

Share

Uso do árbitro de vídeo no Brasileiro de 2018 é rejeitado em reunião da CBF

© Fornecido por Areté Editorial S/A Na reunião, foi liberada a grama sintética a Arena da Baixada além do mando itinerante em cinco jogos (Foto: arquivo LANCE!)

Ainda não será nesta edição que o Campeonato Brasileiro de 2018 terá árbitro de vídeo. A rejeição ao uso do VAR já neste ano ocorreu durante uma reunião do congresso técnico da CBF, nesta segunda-feira. No encontro dos representantes dos 20 clubes da Série A, ocorrido na sede da entidade, 12 clubes votaram contra o uso do recurso já nesta competição, enquanto sete se demonstraram favoráveis. O São Paulo se absteve. Os clubes preferiram esperar as experiências a partir das quartas de final da Copa do Brasil. Caso seja bem-sucedido, o uso do VAR voltará a ser votado para o Brasileirão de 2019. Já o veto à grama sintética da Arena da Baixada foi rechaçado. Além disto, os 20 clubes da Série A aprovaram o mando de campo itinerante, que permite aos times atuarem por cinco vezes longe de seus estados de origem. A aprovação do mando itinerante trouxe algumas ressalvas: a obrigatoriedade da concordância do visitante e da federação do clube mandante. Além disto, não serão permitidas vendas de mandos nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro.

Share

Complicou! Exame de Anderson Silva mostra uso de testosterona sintética

Um dos maiores lutadores de todos os tempos, pode ter a carreira encerrada de forma surpreendente. Anderson Silva foi flagrado em exame antidoping em novembro de 2017, e de acordo com o site Combate.com, o ex-campeão dos médios teve detectados o uso de testosterona sintética (metiltestosterona) e diurético. Aos 42 anos, “Spider” pode pegar mais de dois anos de suspensão, punição que poderia sacramentar uma aposentadoria do brasileiro. A defesa de Anderson espera uma pena reduzida. Anderson Silva já foi flagrado e suspenso por doping em janeiro de 2015, no duelo contra Nate Diaz no UFC 183. Mas na época, o brasileiro foi punido pela Comissão Atlética de Nevada (NAC). Dessa vez, o ex-campeão será julgado pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos). Por se julgado pela USADA, a defesa de Anderson Silva, acredita que o brasileiro possa ser considerado um réu primário, se for assim, a punição do ex-campeão poderá ser menor que dois anos. (MSN)

Share

Ipiaú: Vereador Orlando Santos faz indicações por revitalização de áreas esportivas

campoda

Na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores nessa terça-feira(21), o vereador Orlando Santos apresentou algumas Indicações ao Poder Executivo, assim como: revitalização da área de lazer do Rio Novo ( Campo da Baixada ), contando também com a construção de vestiários e arquibancadas no campo; revitalização da área de lazer no Areião do Arara; revitalização da área de lazer Areião do Arara; revitalização do campo de futebol do Bairro ACM e reativação da área de lazer Mangabeira, mais conhecida como “Toca do Leão”, na Avenida São Salvador. Na oportunidade, o edil justificou suas indicações afirmando que as citadas áreas, uma vez beneficiadas, ofereceriam conforto e segurança aos esportistas e ao público que acompanha as partidas. ” O campo de futebol é um dos poucos locais de entretenimento e lazer da nossa cidade”, afirmou Orlando.

Share